Dr. Marcelo Wulkan - cirurgia plástica

CONTORNO CORPORAL

contorno corporal

PROCEDIMENTOS PARA A MELHORA DO CONTORNO CORPORAL

O sucesso da cirurgia plástica do contorno corporal depende de 3 fatores: técnica do cirurgião, cicatrização e cuidados pré/pós operatórios.

A cicatrização é um processo dinâmico e demorado, podendo durar vários anos até se obter o aspecto final. No inicio, se observa a fase inflamatória na qual o corpo tenta basicamente conter o sangramento e muitas células específicas vão para a região para tentar dar inicio à reparação (ex: neutrófilos, plaquetas). Depois de alguns dias do contorno corporal, a cicatrização parte para o objetivo de criar vasos e formar um novo tecido (fibroplasia). Por fim, a última fase é a da remodelação do tecido (maturação) até se obter aquele aspecto esbranquiçado de cicatriz.

FATORES QUE INTERFEREM NA CICATRIZAÇÃO DO CONTORNO CORPORAL

• REGIÃO: lóbulo da orelha, região no meio dos seios, costas, áreas de dobras (ex: cotovelo) ; essas regiões podem ter cicatrizes de menor qualidade.
• EXTENSÃO: quanto maior, pode ocorrer áreas de coloração diferente e assimetria.
• FATORES LOCAIS: inchaço, isquemia, infecção, pouco oxigênio= má qualidade.
• DOENÇAS: diabete, doença no fígado/rim/metabólica=má qualidade.
• RADIAÇÃO: ex: pós tratamento de câncer=má qualidade.
• ASPECTO NUTRICIONAL: desnutrição, anemia, falta de vitaminas e proteínas= má qualidade.
• FATOR FAMILIAR: qualidade cicatricial na família pode sugerir resultados.
• RAÇA: descendência negra e asiática pode ter mais facilidade para cicatriz hipertrófica/quelóide.

Contorno corporal, lipoaspiração, lipoescultura

HÁBITOS SAUDÁVEIS E CONTORNO CORPORAL

São notórios alguns hábitos saudáveis que todos devem ter como conduta, especialmente para aqueles que vislumbram realizar qualquer tipo de procedimento de contorno corporal:
• Prática regular de exercícios.
• Acompanhamento médico na ocorrência de sintomas ou queixas; monitoramento contínuo com especialista para controle de doenças já existentes (ex: paciente com hipertensão deve seguir as recomendações médicas do cardiologista; paciente com diabetes deve seguir seu endocrinologista); monitoramento para diagnóstico de possíveis doenças sabidamente prevalentes na população (ex: controle de câncer mamário nas mulheres e acompanhamento de urologista para diagnostico precoce de câncer de próstata nos homens).
• Não fumar.
• Uso de filtro solar diariamente.
• Manter peso corpóreo adequado para o seu tipo físico.
• Hábitos nutricionais saudáveis.

Em especial, os hábitos nutricionais saudáveis costumam ser alvo de grandes contradições, visto o vasto leque de opções de dietas "milagrosas" de contorno corporal que surgem com freqüência na mídia. Existem dietas que priorizam a ingestão reduzida de calorias ou que simplesmente não ingere determinado alimento pode fazer mal porque resulta em carência do que está faltando.

Como regra geral, o indivíduo que deseja um melhor contorno corporal precisa consumir menos calorias do que se gasta.

Vale alertar que todo medicamento usado para auxiliar no contorno corporal mais harmonioso deve ser prescrito pelo endocrinologista após rigoroso exame físico.

SOU UM CANDIDATO PARA CIRURGIA DE CONTORNO CORPORAL?

Os seguintes critérios devem ser rigorosamente seguidos para se realizar a cirurgia de contorno corporal:
• Peso estável por pelo menos 12-18 meses consecutivos. Não devem ser operados pacientes com flutuação constante de peso.
• Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica devem ter liberação do seu cirurgião geral. De maneira geral, espera-se a perda de 40% do peso para que o procedimento de plástica para a melhora do contorno corporal possa ser realizada após 12-18 meses de estabilidade do peso.
• Acompanhamento antes e depois da cirurgia com nutricionista, endocrinologista e clínico geral. Se necessário, solicita-se suporte psicológico.
• Pacientes com alta motivação, emocionalmente estáveis, otimistas e realistas com a limitação do procedimento. As cirurgias de contorno corporal propõem restaurar a naturalidade do equilíbrio corpóreo ao indivíduo e não uma mudança radical ou irreal.
• Pacientes não fumantes ou que parem de fumar até 1 mês antes da cirurgia e em definitivo durante todo o processo de recuperação cirúrgico. O tabagismo aumenta cerca de 4 vezes as chances de ocorrer complicações pós operatória.
• Pacientes que não tenham infecção ou doença dermatológica ativa na área a ser operada.
• Pacientes saudáveis que não tenham contra-indicações médicas para serem submetidos às cirurgias estéticas de contorno corporal.
• Pacientes sem dificuldades para cicatrização.
• Pacientes que sigam à risca as orientações médicas pós-operatórias e disponíveis para ir ao consultório sempre que solicitados. É preciso estar preparado para eventual intercorrência.

Contorno corporal, lipoaspiração, lipoescultura

TIPOS DE PLÁSTICA PARA CONTORNO CORPORAL

As cirurgias de contorno corporal são procedimentos que restauram a beleza da silhueta do paciente de maneira dramática. Trata-se de restaurar a relação ideal de conteúdo e continente. Nestes casos, os pacientes perdem grande parte de seu "conteúdo" (gordura principalmente) e ocorre uma inversão da proporção de "continente" (sobra pele). Portanto, a cirurgia de contorno corporal visa principalmente trazer de volta o equilíbrio dessa relação retirando precisamente o excesso de pele, subcutâneo e gordura localizada.

A cirurgia plástica para contorno corporal nunca deve ser compreendida como uma maneira extra de se perder peso.

A tendência atual é realizar o maior número de procedimentos numa mesma etapa cirúrgica. Ou seja, as mamas e braços podem ser operados numa mesma cirurgia pela técnica do UPPER BODY LIFT; o abdome, lifting de coxas e remodelamento de nádegas são tratados numa única etapa no LOWER BODY LIFT. Em algumas situações, o paciente pode ser tratado por completo em todas as suas deformidades (ex: pós grande perda de peso) na técnica do TOTAL BODY LIFT.

Um ou mais dos seguintes procedimentos podem ser feitos no paciente que deseja a melhora do contorno corporal:
• correção de hérnias (comum após cirurgia bariátrica)
• lipoaspiração
• plástica dos braços (braquioplastia; UPPER BODY LIFT)
• plástica de barriga (abdominoplastia;LOWER BODY LIFT)
• plástica de mamas (com ou sem implante; Plástica dos Seios)
• correção de mamas em homem (ginecomastia)
• plástica de coxas
• plástica de nádegas
• plástica de face e pescoço
• plástica de áreas íntimas
• plástica em áreas especiais

Basicamente, existem três abordagens cirúrgicas para contorno corporal:
• Lipoaspiração/Lipoescultura: em casos de discreta gordura localizada sem excesso de pele. É importante que a pele tenha boa capacidade de retração para adquirir o novo contorno corporal.
• Incisão reduzida e Lipoescultura: em casos de moderado excesso de pele e gordura.
• Incisão ampliada e Lipoescultura: pacientes com grande quantidade de pele pendente e gordura.

Durante a consulta médica, cada opção de técnica de contorno corporal deve ser discutida em detalhes, mostrando os benefícios e eventuais intercorrências/ complicações. Geralmente, a cicatriz fica em região estrategicamente posicionada para que não fique muito aparente.

LIPOESCULTURA E CONTORNO CORPORAL

A lipoaspiração é a técnica na qual se utiliza cânulas específicas para aspirar o excesso de gordura localizada.

A lipoescultura é o mesmo procedimento da lipoaspiração com a diferença de que a gordura é reutilizada pelo cirurgião em áreas onde ocorre a sua deficiência.

Em ambas as situações, o objetivo é proporcionar uma melhora no contorno corporal do paciente por meio de uma pequena incisão pela qual é introduzida uma cânula que realiza a succção da gordura.

A lipoaspiração/lipoescultura para o contorno corporal pode ser feita nos braços, coxas, parte lateral das mamas, abdome, culotes, pescoço/face e em regiões isoladas.

Raramente a lipoescultura e lipoaspiração são utilizados isoladamente no paciente com grande perda de peso pois o excesso de pele muitas vezes deve ser retirada durante o processo. No entanto, em indivíduos jovens com gordura localizada e boa elasticidade de pele, esta abordagem de contorno corporal pode eventualmente ser suficiente. Apenas a consulta médica poderá nortear a abordagem mais eficiente para cada paciente.

COMO ESCOLHER O CIRURGIÃO PARA O CONTORNO CORPORAL?

A melhor maneira de escolher seu cirurgião plástico é verificar alguns itens básicos:
1. Confirme se seu cirurgião é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica acessando www.cirurgiaplastica.org.br .
2. Verificar se seu cirurgião tem foco maior em contorno corporal.

O Dr. Wulkan é membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e conta com equipe experiente na área de plástica de contorno corporal (abdome, mamas, lipoaspiração/lipoescultura, lipoenxertia estruturada, nádegas, coxas, flanco, culotes) para tornar o procedimento ainda mais seguro e confortável para a paciente. O Dr. Wulkan aprendeu diretamente com mestres de Harvard e University of Pittsburgh que são os principais centros de referência mundial em contorno corporal.

Com o conhecimento adquirido nos EUA, o Dr. Wulkan se tornou o único representante no Brasil e América do Sul de um dos mais experientes centros de contorno corporal do mundo: o Hurwitz-Center for Plastic Surgery. O Dr. Hurwitz é um renomado cirurgião plástico com mais de 25 anos de experiência e criou muitas técnicas para contorno corporal pós grande perda de peso, incluindo o Total Body Lift. Esta parceria é única e levou à criação do Wulkan-Hurwitz Center for Plastic Surgery visando ajudar pacientes dos EUA, Brasil e outros países a realizar tratamentos completos seguindo rigorosas condições de qualidade e segurança.

Logos das associações que o Dr. Wulkan faz parte
Mapa Al.: Joaquim Eugênio de Lima, N°: 1674, casa 2
CEP: 01403-002 - Jardim Paulista - São Paulo - SP - Brasil
FONE/FAX: 55 11 3885-451 1

Site: www.drwulkan.com.br
E-mail: drwulkan@drwulkan.com.br

 

Dr. Marcelo Wulkan

Copyright © 2015 Dr. Marcelo Wulkan. Todos os direitos Reservados